marcar-conteudoAcessibilidade
Tamanho do texto: A+ | A-
Contraste
Cile Logo
marcar-conteudomarcar-conteudo
icon-search

Quem é Daisaku Ikeda

Fundador da EBS

Daisaku Ikeda declama poema a Josei Toda no primeiro encontro com ele, em 14 agosto de 1947 (Japão) Crédito: Kenichiro Uchida

Daisaku Ikeda declama poema a Josei Toda no primeiro encontro com ele, em 14 agosto de 1947 (Japão) Crédito: Kenichiro Uchida

Daisaku Ikeda é escritor, filósofo, poeta, educador, fotógrafo e líder de uma das maiores organizações não governamentais do mundo, a Soka Gakkai Internacional (SGI), filiada à Organização das Nações Unidas (ONU).

Sua eclética formação o tornou um humanista completo, detentor de conhecimentos humanos, sensível e atento às minúcias e sutilezas da vida em toda a sua essência.

Em 1965, fundou a Editora Brasil Seikyo com o objetivo de tornar acessíveis para todo território brasileiro os conteúdos imbuídos dos princípios humanísticos da SGI e cuja leitura desperta em cada pessoa seu máximo potencial.

Prolífico escritor, com obras publicadas em vários idiomas, Dr. Ikeda é sócio correspondente da Academia Brasileira de Letras desde 1993, onde ocupa a cadeira 14.

Trajetória

Daisaku Ikeda dedica-se no incentivo às pessoas por meio da palavra escrita (Tóquio, Japão, abr. 2009).

Daisaku Ikeda dedica-se no incentivo às pessoas por meio da palavra escrita (Tóquio, Japão, abr. 2009). Crédito: Seikyo Press

Daisaku Ikeda é pacifista, filósofo, educador, escritor e poeta. Formado em economia pela Escola Superior Fuji, no Japão, é fundador de diversas instituições voltadas à promoção da paz, da cultura e da educação em diferentes países, incluindo a Soka Gakkai Internacional (SGI), organização leiga budista presente em mais de 190 países e territórios e que conta com aproximadamente 12 milhões de membros.

Daisaku Ikeda nasceu em 2 de janeiro de 1928, em Tóquio, Japão, como o quinto de oito filhos de uma família de coletores de algas marinhas. Já na infância, apresentou uma saúde debilitada e, quando jovem, sofria constantemente com a tuberculose. Sua expectativa de vida era de, no máximo, 30 anos.

Assim como as demais famílias japonesas, a do Dr. Ikeda sofreu os horrores da Segunda Guerra Mundial, incluindo a perda do irmão mais velho em combate e os incêndios provocados por ataques aéreos que destruíram a casa da família em duas ocasiões. Essas experiências motivaram o jovem Ikeda a buscar meios para o estabelecimento da paz mundial.

Diante do caos e da confusão do pós-guerra, ele lia vorazmente os escassos livros de literatura e filosofia em busca de um direcionamento para sua vida. Foi nessa época, mais especificamente em 14 de agosto de 1947, que conheceu Josei Toda.

Educador e um dos fundadores da Soka Gakkai — fundada em 1930 no Japão e berço dos ideais humanísticos da Soka Gakkai Internacional —, Josei Toda sofreu perseguições do governo japonês por manter suas convicções religiosas, o que resultou em sua prisão por dois anos. Ikeda ficou impressionado com a convicção de Toda e decidiu segui-lo como seu discípulo. Ele também se converteu ao Budismo de Nichiren Daishonin, base filosófica que norteou sua vida dali em diante.

Jovem Daisaku Ikeda (à esq.) e seu mestre, Josei Toda (à dir.), durante evento (Japão, 1958).

O Dr. Ikeda relembra: “Decidi naquele mesmo instante me tornar seu discípulo [de Josei Toda]. (...) Quando encontramos um mestre verdadeiro e nos empenhamos como discípulos genuínos, trilhamos o curso correto na vida com transbordante alegria e realização.”

Jovem Daisaku Ikeda (à esq.) e seu mestre, Josei Toda (à dir.), durante evento (Japão, 1958). Crédito: Seikyo Press

Durante os dez anos vividos ao lado de seu mestre, Daisaku Ikeda dedicou-se a protegê-lo para que ele pudesse exercer plenamente suas responsabilidades na Soka Gakkai e nos negócios. Foi um período determinante para o jovem, que pode aprender com Josei Toda sobre uma variedade de temas e disciplinas, o que possibilitou sua formação como cidadão global e líder humanista.

Daisaku casou-se com Kaneko, em 1952, e tiveram os filhos Hiromasa, Shirohisa e Takahiro. Anos mais tarde, o casal enfrentou a dor pelo falecimento repentino de Shirohisa, aos 29 anos. Mesmo diante de muitos desafios, Daisaku e Kaneko Ikeda continuaram a incentivar os companheiros de todo o mundo.

Em 3 de maio de 1960, dois anos após o falecimento de Josei Toda, Daisaku Ikeda assumiu como terceiro presidente da Soka Gakkai com apenas 32 anos e iniciou os esforços para levar a organização para o mundo. Em 1975, ele fundou a Soka Gakkai Internacional (SGI).

Herdando o legado do mestre Josei Toda e de seu predecessor, Tsunesaburo Makiguchi, o Dr. Ikeda estabeleceu escolas e universidades dentro e fora do Japão, bem como instituições dedicadas à promoção do intercâmbio cultural e educacional, e de pesquisas relacionadas à paz. Até hoje, ele se empenha incansavelmente para despertar o potencial de cada pessoa e, assim, propagar a felicidade para humanidade.

Foto discurso do jovem Ikeda no dia em que assume a presidência da Gakkai

Acervo: Daisaku Ikeda aos 19 anos

Daisaku Ikeda aos 19 anos

Acervo: Foto discurso do jovem Ikeda no dia em que assume a presidência da Gakkai